Nas entrelinhas de Belchior

Há uma nuvem pairando o ar, que insiste em ficar. Mas eu não vou desistir. Haja o que houver, seguirei até o fim, antes de enlouquecer de vez.

“Tenho sangrado demais, tenho chorado pra cachorro
Ano passado eu morri, mas esse ano eu não morro”

Sim, diria que essa crise pré-34 tem uma trilha sonora baseada no cearense que sumiu. Como ele descreve momentos de nossa vida genialmente!

Voltaremos

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Crônicas e textos pessoais, Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s