O jogo político dos ruralistas

Quando eu era adolescente, trabalhei durante 4 anos na empresa de peças agrícolas de uns tios que tenho em São Borja. Sempre me questionava de que muitos de seus clientes viviam de financiamentos no Banco do Brasil para custear suas lavouras e as despesas que tinham com meu tio, que vendia fiado para alguns desses lavoureiros.
Pois bem, alguns deles pagavam algumas contas com o financiamento, trocavam de automóvel e, se restasse algum troco, pagavam meus tios ou nem pagavam. E volta e meia eu via esses mesmos caras fazendo refinanciamento e enrolando mais um pouco o banco…
E quando eram cobrados, ainda se achavam os donos da razão.
O pior de tudo é que eles possuem um representante fortíssimo em Brasília, o Luis Carlos Heinze (PP), ex-prefeito de São Borja.
E a bancada ruralista na Câmara é muito forte, Luis Carlos é só um dos tentáculos mais fortes e atuantes desse grupo parasita.
Achei um texto na net que explicita bem minha opinião sobre esse pessoal.
Reproduzo-o abaixo:

O jogo político dos ruralistas que devem bilhões de reais para o governo federal

do Blog do Chicão

Leiam trechos da reportagem, o que está entre colchete é comentário meu [Chicão].

"Ruralistas querem propor ao governo nova renegociação de dívidas
calculadas em R$ 130 BILHÕES [COMO VOCÊS PODEM OBSERVAR SÃO
"SUPERCOMPETITIVOS" ESTA PARTE DA AGRICULTURA QUE DÁ MUITO DINHEIRO
PARA FINANCIAR DEPUTADOS, SENADORES, GOVERNADORES, ETC. ALIÁS, NÃO SÓ
DINHEIRO, MAS APOIO ELEITORAL, SÃO VERDADEIROS MILITANTES ENGAJADOS NA
ELEIÇÃO DESTES POLÍTICOS QUE LHES FAVORECEM]

Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados se reuniu nesta quarta para discutir endividamento do setor rural brasileiro

O endividamento do setor chega a R$ 130 bilhões e mais de 100 mil
ruralistas estão inadimplentes [OBSERVE O NÚMERO: 100 MIL, EM MEIO A
MILHÕES DE PROPRIETÁRIOS DE TERRAS]. …

Em 1995, eram R$ 23 bilhões e hoje estamos com R$ 130 bilhões— disse o
deputado federal Luís Carlos Heinze (PP-RS). [SÃO UMA MINORIA DE
AGRICULTORES E PECUARISTAS, MAS SÃO OS QUE DÃO DINHEIRO E APOIO
POLÍTICO PARA A CAMPANHA DE PESSOAS COMO ESTE DEPUTADO E A KÁTIA
MOTO-SERRA ABREU.]

Há pouco mais de um ano, o governo lançou um pacote de renegociação de
R$ 75 bilhões das dívidas agrícolas". [NÃO BASTA, QUEREM MAIS. QUEREM
ENROLAR E NÃO PAGAR. SÃO BILHÕES EM JOGO QUE PODEM CONTINUAR SAINDO DO
BOLSO DE TODOS NÓS.]

Agora trechos de outra notícia mais antiga:

"Ruralistas querem ampliar renegociação de dívida

Bancada ruralista quer reduzir juros e aumentar prazo para quitação de débitos e inscrição na Dívida Ativa da União

… mais de 300 sugestões de mudança haviam sido protocoladas na
Secretaria de Comissões do Congresso. A maioria das proposições foi
feita por parlamentares ligados aos grandes produtores do setor
agropecuário. Somente a Confederação Nacional da Agricultura (CNA)
articulou, por meio da bancada ruralista, 76 emendas. A Comissão de
Agricultura indicou 18 pontos de mudança, enquanto o Núcleo Rural do
PT, ligado à agricultura familiar, ingressou com 27 emendas à MP.

“A MP não atende à expectativa que tínhamos sobre a questão. As medidas
estão aquém. As emendas não são para confrontar, são para
aperfeiçoar…”, avalia o deputado Homero Pereira (PR-MT),
vice-presidente da CNA. [APERFEIÇOAR OS GANHOS BILIONÁRIOS DELES.]

“Não dá para criar expectativa e ilusão de que a MP vá mudar
radicalmente. Alguma coisa se acerta, mas não vai se modificar muito”,
afirma o deputado Luiz Carlos Heinze (PP-RS), indicado pela bancada
ruralista para ser o relator da medida na Câmara. [OLHA O DINHEIRO DO
SEU IMPOSTO INDO EMBORA. VOCÊ CONTINUA ACHANDO QUE O PROBLEMA DE
DINHEIRO DO GOVERNO É O SALÁRIO DOS FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS?]

Esta é a terceira vez que o governo renegocia a dívida do setor rural
desde o início do primeiro mandato do presidente Fernando Henrique
Cardoso. A primeira renegociação se deu em 1995 e a segunda, em 1999.
[SEMPRE HAVERÁ NEGOCIAÇÃO, POIS ESTA É UMA DAS MELHORES FONTE DE
FINANCIAMENTO DE CAMPANHA PARA OS SETORES CONSERVADORES. ESTE PESSOAL
QUE NÃO PAGA SEUS DÉBITOS INVESTE MUITO EM CAMPANHA ELEITORAL. ELEIÇÃO
É PARTE DO NEGÓCIO DELES.]

Com a MP 432, o governo Lula se propõe a quitar R$ 75 bilhões em
dívida, sendo R$ 65 bilhões destinados a renegociar débitos
provenientes de grandes produtores e R$ 10 bilhões de agricultores
familiares. [OBSERVE COMO A AGRICULTURA FAMILIAR, QUE EMPREGA MUITO
MAIS GENTE E TEM MUITO MAIS PROPRIEDADES, DEVE MUITO MENOS. SABE
PORQUE? PORQUE ELES PAGAM SEUS DÉBITOS TRABALHANDO DURO].

…as emendas visam a ajudar os agricultores familiares a conseguirem
novos financiamentos. [A IMENSA MAIORIA DELES ESTÃO EM DIA COM SUAS
OBRIGAÇÕES] Entre as propostas regionais, está a inclusão na MP de
contratos com recursos do FNO sob amparo do Programa de Apoio ao
Desenvolvimento do Extrativismo Vegetal. Essa emenda beneficia
agricultores da região Norte.

O número de contratos dos pequenos produtores corresponde a quase dois
terços do total de contratos previsto para o acordo com o governo.
Dos 2,8 milhões de contratos que devem ser contemplados pela MP, 1,8
milhão são da agricultura familiar, sendo um milhão de convênios de
produtores ligados ao agronegócio. Na avaliação do deputado Adão
Pretto, essa “divergência imensa” mostra que os grandes agricultores
são os maiores devedores e, mesmo endividados, conseguem novos
empréstimos. [CONSEGUEM EMPRÉSTIMOS E NÃO PAGAM, SÃO QUASE 65 BILHÕES,
FORA OUTROS 45 BILHÕES DE DÍVIDAS COM AS EMPRESAS ATRAVESSADORAS. ESTES
RURALISTAS SÃO BURROS, NÃO ATACAM OS ATRAVESSADORES QUE GANHAM NAS
COSTAS DELES E QUEREM TIRAR DINHEIRO DO IMPOSTOS QUE PAGAMOS.]

“O pequeno agricultor é, comprovadamente, um bom pagador. No Pronaf, o
índice de inadimplência é de 3%, um número muito baixo”,afirma o
deputado. “O pequeno só não paga quando não pode. O grande vai
enrolando com a barriga e pegando novos financiamentos”, completa.
[PARA ENROLAR ELES TEM QUE TER APOIO POLÍTICO. O SERRA E O AÉCIO ESTÃO
DISPUTANDO A TAPA O APOIO DESTES ELEMENTOS. O SERRA ATÉ NOMEOU UM
RURALISTA PARA SER SECRETÁRIO DO MEIO AMBIENTE. O SUJEITO SÓ ATRAPALHA
O MEIO AMBIENTE DE SÃO PAULO. ASSIM O SERRA MOSTRA QUE É CONFIÁVEL AOS
RURALISTAS.]

Hoje a agricultura familiar é responsável por 70% da produção para
mercado interno. A agricultura patronal, que teve recordes de produção
nos últimos meses, é voltada para o mercado externo e responsável por
36% das exportações nacionais.

[A AGRICULTURA PATRONAL É INEFICIENTE NA SUA MAIOR PARTE. UMA PARCELA
PEQUENA DELA É QUE É EFICIENTE. POR ISTO ELA MORRE DE MEDO DA MUDANÇA
DOS ÍNDICES DE PRODUTIVIDADE.]

Taí!

Abraço a todos e bom fim de semana, estou indo para Passo Fundo este sábado prestar concurso para Professor de História.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Notícias e política

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s