Por que acontecem as Revoluções?

Bom, esse texto eu escrevi pra um trabalho de História Contemporânea III, com o Professor Paulo Zarth e achei legal postar ele aqui hoje.
Feito!
 
Por que acontecem as Revoluções?
Essa é uma pergunta que muitos se fazem, mas poucos conseguem dar uma explicação concreta a respeito
 
Costuma gerar vários tipos de reação, dependendo de quem ouve essa palavrinha mágica.
 
As mais comuns costumam ser de caráter popular, outras costumam ter um caráter mais ideológico e costumam originarem-se de outras. Exemplos clássicos de revoluções que ecoaram em terras distantes foram as Revoluções Francesa, em 1789, e Russa, em 1917, que ocasionaram outras revoluções subseqüentes e que são consideradas marcos nas mudanças de formas de governo. A Francesa marca a mudança do Absolutismo para o poder no comando da burguesia, a classe média. Já a Russa marca a tomada do poder pelo proletariado, a classe operária.
 
Mas a primeira revolução de caráter burguês, de fato, foi a Revolução Gloriosa, na Inglaterra, no século XVII, onde o Parlamento é fortalecido frente à autoridade real.
 
Já no caso de revolução de caráter proletário, podemos considerar a Comuna de Paris, em 1871, como o primeiro grande governo socialista a ser implantado, infelizmente logo sendo reprimido e a burguesia volta ao poder.
 
Anterior à Comuna, em 1848, Marx e Engels escrevem o célebre "Manifesto Comunista", pequeno manual que serviria anos mais tarde como alicerce para as revoluções de caráter socialista. Nesta mesma época surgem os escritos anarquistas de Bakunin, que surgem como um meio um pouco diferente do comunismo de o proletariado chegar ao poder.
 
No início do século XX eclode a Primeira Guerra Mundia(1914-1918)l, onde os países participantes lutam pela ampliação de seus territórios. Mas poucos antes do final dela(1917), estoura a revolução socialista na Rússia e a posterior criação da União Soviética. Anos mais tarde, os socialistas chegam ao poder na China.
 
Logo após o fim da Primeira Guerra, em 1922, o fascista Benito Mussolini chega ao poder na Itália, dando a idéia de que o fascismo seria a "terceira via", contra o capitalismo e o comunismo. Com a crise da Bolsa de Valores de Nova Iorque em 1929, a economia européia desmorona ainda mais e isso propiciona a ascensão , alguns anos após, de governos fascistas na Espanha, Portugal, mas principalmente na Alemanha, derrotada na Primeira Guerra.
 
Os fascistas tinham ideais expansionistas, o que acabaria ocasionando a Segunda Grande Guerra. Mas com a guerra, os governos fascistas de Itália e Alemanha são derrubados.
 
A partir daí até o início da década de 1990, o mundo ficaria dividido entre a influência econômica e ideológica de Estados Unidos e União Soviética, a chamada Guerra Fria.
Anúncios

1 comentário

Arquivado em Estudos

Uma resposta para “Por que acontecem as Revoluções?

  1. amanda

    coisa pra caramba em.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s