Um breve resumo do meu projeto de pesquisa

O Batalhão Suez
 
Numa época em que tanto se fala em paz, onde muitos pregam o fim das guerras no mundo, é importante citarmos a importância do Brasil em questões de Paz.
 
Então, não posso deixar de mencionar a importância do Batalhão Suez nesse contexto. Sua criação se dá em 1957 quando, atendendo a uma solicitação da ONU, o governo brasileiro envia para o Oriente Médio, mais especificamente na região do Canal de Suez e na Faixa de Gaza, o Batalhão Suez, com a finalidade de mediar os desentendimentos entre Egito e Israel. Alguns meses antes, ainda em 1956, o presidente egípcio Gamal Abdel Nasser afunda navios nas entradas do Canal, impedindo a circulação de navios israelenses.
 
França e Inglaterra, antigos donos do Canal, também atacam o Egito, no que é considerado como a última intervenção do que chamamos de imperialismo colonial antigo. Nisso, a ONU interfere na questão e solicita ao Brasil o envio de tropas para fazer parte da recém criada Frente Emergencial das Nações Unidas (UNEF), os chamados "boinas azuis".
 
A cada seis meses em média, o contingente era todo trocado. Boa parte destes era formada por gaúchos. Ao todo, partiram para a região do conflito 20 contingentes, cada um formado por 600 oficiais do Exército. O Batalhão Suez permaneceu na região até 1967, quando foi solicitada sua retirada pelo presidente Nasser. Após isso, estoura a Guerra dos Seis Dias entre Egito e Israel, guerra essa que culminou com a tomada da Península do Sinai, que pertencia ao Egito, por Israel. Essa região só foi devolvida ao Egito em 1982.
 
O Batalhão Suez é conhecido como "A Mais Longa Missão do Exército Brasileiro no Exterior" e, pelos serviços prestados em defesa da Paz, esse Batalhão ganhou o Prêmio Nobel da Paz em 1988.
 
Este é um rascunho inicial do que futuramente será meu Trabalho de Conclusão do Curso (TCC) de História na Unijuí. Mas tenho muita pesquisa pela frente, muitas fontes para consultar e com certeza, esse trabalho será melhor aprimorado.
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Estudos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s